A Oração Para Consultar Deus
Salat Al-Istikhára


Em cada um de dos assuntos que tem para resolver, o muçulmano pede o auxílio e a força ao seu senhor, Glorificado e Majestoso seja. Se alguma coisa o preocupa, recorre à oração, através da qual encontra o consolo e o alívio para os seus problemas.

Quando decide fazer algo importante, recorre à oração para pedir orientação a Deus, antes de tomar a sua decisão.

Se Deus o iluminar a fazer determinada coisa, ele a empreenderá e seguirá adiante, sem ver as conseqüências, pois Deus estará ao seu lado. Se Deus o inspirar a renunciar ao que pretende fazer, ele não voltará a pensar no assunto. A oração para pedir orientação a Deus não é senão uma graça d’Ele. O homem se dirige ao seu Senhor, pedindo-Lhe que o guie em direção àquilo que será mais benéfico para ele e que lhe indique onde se encontra o bem e o faça escolher o que lhe for mais conveniente.

Está é uma tradição do Profeta. Ele ensinava aos seus companheiros a invocação (istikhára), da mesma forma eu lhes ensinava uma Surata do Alcorão:

Ó muçulmano, se tens a intenção de realizar alguma coisa importante, faze esta prece, consulta teu Senhor e faze aquilo que Ele te inspirar, seja para empreendê-la ou para renunciar a ela.



Como se faz a Oração Para Pedir Orientação a Deus?

Fazem-se duas genuflexões voluntárias, à parte das obrigatórias, depois se recita a fórmula de consulta, após se terem concluído a oração e as saudações. Designa-se o ato que se tem intenção de fazer e consulta-se o próprio coração. Se este se inclina para a feitura do ato, então o muçulmano o empreenderá, se não, renunciará a ele. Se um muçulmano renuncia a um ato por amor a Deus, será recompensado com outro melhor.

Esta é a tradição do Mensageiro (Deus o abençoe e lhe de paz), ensinando-nos a prece para consultar Deus:

 “Se algum de vós tem a intenção de fazer alguma coisa, que pratique uma oração de duas genuflexões, à parte das obrigatórias”. Em seguida, deve dizer:

Allahummaa ini astakhiruka bi-ílmika wa’astakdiruka bi kudratika wa as’aluka men fadlikal-´ázim fa-inaka takdiru wala akder wa ta’alamu wala ‘alam wa anta ‘allamu-ghuyub. Allahumma in kunta ta’alamu ana haza el-amr(menciona o que é) amr khairun li fi dini wa ma´ashi wa akibete amri, fakkedirhu li wa yasserhu li summa barek li fih,wa in kunta taalamu Anna hazal-amr sharrun li fi dini wa maashi wa aakibaeti amri, fa-osrifhu anni wa-esrifni aanhu wa kadder lil-khaire summa ardini bihi.

Senhor Deus! Eu baseio minhas escolhas no Teu saber, recebo a minha capacidade da Tua, imploro a Tua generosidade infinita; és de fato, capaz, enquanto eu não sou; Tu sabes, eu não sei. Senhor Deus! Se Tu sabes que este assunto (e ele dia a ação que tem intenção de realizar) é bom para mim na minha religião, na minha vida atual e na futura (ou no meu próximo ou distante porvir) destina-o, torna-o fácil e o abençoa para mim. Se Tu sabes que este assunto (e o designa também) é ruim para mim na minha religião, na minha vida neste mundo e no ouro (ou no meu próximo ou distante porvir), afasta-o de mim e afasta-me dele. Destina-me o bem, onde este se encontre e faze com que eu fique satisfeito.