Pergunta:

Por quê há pessoas que comemoram e há pessoas que não comemoram o aniversário do Profeta Muhammad? Qual é a sua opinião?

Resposta:

Louvado Seja Allah.

Não há nada expresso no Quran à respeito da celebração do Mawlid ou aniversário do Profeta Muhammad. O próprio Profeta não ordenou e tão pouco aconselhou a fazê-lo, seja durante a sua vida o após sua morte. Na verdade, ele aconselhou-nos a não exagerar sobre ele como os cristãos tinham exagerado sobre Jesus.

Ele disse: “ Não exagereis sobre mim como os cristãos exageraram sobre o filho de Maria. Eu sou apenas um e servo, temente à Allah”. (Bukhari)
O que foi relatado é que o Profeta fez do dia do seu nascimento um dia de adoração (à Allah), e não um dia de festas. Ele foi questionado sobre o jejum da segunda-feira, e ele disse: “Este é o dia em que nasci e no dia em que me foi confiada a Missão”. (Muslim, al-Nissa e Abu Dawood)

Além disso, sabemos que os Sahaba RAA, foram as pessoas mais próximas e conseqüentemente as que mais amavam ao Profeta Muhammad. Foi relatado que Abu Bakr, Umar, Ali ou algum dos Sahaba fez isso? Não, por Allah!
Será que porque eles não estavam conscientes da sua importância, ou que não amavam verdadeiramente o Profeta Muhammad? Ninguém diria tal coisa, exceto os extraviados.

Será que nenhum dos Imams – Abu Haneefah, Malik, al-Shaafi’i, Ahmad, al-Hassan, al-Basri, Ibn Seereen – recomendou outros à fazê-lo ou disse que isso era bom? Por Allah, não! Não foi sequer mencionado no primeiro nem nos três séculos seguintes. Então, virá um povo que não se importara se seu testemunho venha antes de seu juramento ou vice-versa.

O Profeta Muhammad disse: “O melhor da minha Ummah são os da minha geração (sahabas e muçulmanos daquele século) e em seguida, aqueles que vêm depois deles. (ou seja, eles não irão levar a sério essa questão)” (Bukhari, Muslim e al-Tirmidhi)
A celebração do aniversário do Profeta Muhammad apareceu séculos mais tarde, quando muitas das características da verdadeira religião haviam se perdido e a bidah nela introduzida.

Sendo assim, esta festa é um sinal de amor ao Profeta Muhammad?

Mas pode ser possível que os Sahaba, os Imams e as pessoas dos três séculos não se aperceberam dela , e foi só aqueles que vieram depois que estavam conscientes da sua importância?! O Quran nos diz à respeito do amor ao Profeta:

Allah disse no Quran:

"Dize-lhes: “Se você ama à Allah, em seguida, siga-me, Allah vos amará e perdoará as vossas faltas. E Allah é o Remissório, o Misericordioso.".

"Dize: Obedecei a Allah e a seu Mensageiro. “Mas, se recusarem, sabei que Allah não ama os renegadores da Fé".

O primeiro versículo explica que o amor é apenas uma reivindicação, mas a prova da sinceridade é seguir o que o Profeta trouxe. O segundo versículo reafirma a importância e a necessidade de obediência a Allah e a Seu Mensageiro. Daí Allah terminou o versículo com uma advertência muito severa à aquele que se recusam, que, são descritos como renegadores da Fé, e que Allah não ama os renegadores da Fé.

Pedimos a Allah para nos manter seguros a respeito disso. O Profeta disse-nos do perigo de não obedecer-lhes, e ao perigo de acrescentar ao que ele trouxe. A celebração do Mawlid ou o aniversário do Profeta é na verdade um complemento para aquilo que ele trouxe – como todos os estudiosos concordam. Ele disse: "O melhor de discurso é o livro de Allah e, o melhor de orientação é o Mensageiro de Allah. (Muslim e al-Nissa)

Pedimos à Allah para nos afastar da bidah, que nos abençoe e que nos ajude a seguir a senda reta. Allah sabe mais. Que a Paz e as bênçãos de Allah estejam com o Profeta Muhammad.

Islam Q & A
Sheikh Muhammed Salih al-Munajjid