Al Islam

*E quem tem melhor religião do que quem se submete a Allah, é praticante do bem e segue a crença monoteísta de Abraão* (4: 125)

Al Islam. Este é o nome que damos à nossa religião, um nome conhecido desde o início da humanidade e cujos seguidores são denominados muçulmanos. Ao contrário do que se prega hoje por muitos escritores, o Islam não foi fundado por Muhammad, nem é mais uma nova religião, porém foi reapresentado por Muhammad e foram intitulados como muçulmanos os seus seguidores, assim como foram denominados muçulmanos os seguidores de todos os profetas anteriores à ele, pois pregavam o puro monoteísmo, a pura submissão à Deus, e é isto que significa a palavra "Islam".

Portanto, este nome tido como novo para muitos, é uma antiga realidade, uma realidade que iniciou-se com a criação, acompanhou a vida do ser humano e se repetiu em todas as mensagens que ligaram os seres humanos com o Criador e os fez conhecer o que Deus quer deles.

A essência da ligação entre Allah e os seres humanos, como foi apresentada por todos os profetas em várias épocas. Todos enviados por um Único Deus, o Único Criador, que orientou o ser humano com Sua orientação através destes profetas. Sendo assim, não há diferença entre o que disse Moisés ou Jesus ou Muhammad, não há diferença entre o que estes ensinaram aos seus povos e entre o que ensinaram outros profetas, outros nomes que conhecemos e outros que desconhecemos.. *E enviamos alguns mensageiros, que te mencionamos, e outros, que não te mencionamos, e Allah falou a Moisés diretamente * (4: 164) . Portanto, a religião de Deus é uma sَó em seus pilares e objetivos seja na época de Abraão, Noé, Jesus...

Esta unidade de religião foi lembrada várias vezes no Alcorão Sagrado, o selo da revelação desta antiga realidade...    *Mas não se dividiram senão por inveja, depois de lhes ter chegada a ciência. E se não tivesse sido por uma palavra proferida por teu Senhor, para tolerá-los até um término prefixado, já os teria julgado. Em verdade, aqueles que, depois deles, herdaram o Livro, estão em uma inquietante dúvida, acerca do mesmo.* (42: 14)

* Dize: Cremos em Deus, no que nos foi revelado, no que foi revelado a Abraão, a Ismael, a Isaac, a Jacó e às tribos, e no que, de seu Senhor, foi concedido a Moisés, a Jesus e aos profetas; não fazemos distinção alguma entre eles, porque somos, para Ele, muçulmanos.* (3: 84)

E o Alcorão relata como todos os mensageiros foram muçulmanos, pregando a crença na unicidade de Deus que demanda a unidade da religião, Ele Deus, enviou à humanidade, e a unidade de Seus apóstolos que transmitiram sua mensagem ao ser humano...

1.   Noé: *Se recusardes (meu apelo à fé, diz Noé). Não vos pedirei nenhuma recompensa, porque a espero somente de Allah, e fui ordenado a ser-Lhe muçulmano.* (10: 72)

2.   Abraão: *Abraão não  foi judeu, nem cristão, e sim monoteísta muçulmano.* (3: 67)

3.   Moisés: *Moisés falou-lhes: Ó povo meu, se acreditastes realmente em Allah, ponde vossa confiança n`Ele, se sois muçulmanos.* (10: 84)

4.   Jesus e seus discípulos: *E quando Jesus lhes sentiu a incredulidade, disse: Quem serão os meus colaboradores na causa de Deus? Os discípulos disseram: Nós seremos os colaboradores, porque cremos em Deus; e testemunhamos que somos muçulmanos.* (3: 52)

Este é o significado de "antiga realidade que iniciou-se com a criação", uma realidade que constitui a unidade da religião divina e a unidade dos mensageiros e apóstolos que trouxeram esta orientação para nós.

E a base desta unidade de religião e profecia que se sucederam em vários locais e épocas é a natureza humana, a preservação do coração da mente como Allah os criou. Disse Allah, o Altíssimo: * Volta o teu rosto para a religião monoteísta. É a obra de Deus, sob cuja qualidade inata Deus criou a humanidade. A criação feita por Deus é imutável. Esta é a verdadeira religião; porém, a maioria dos humanos o ignora.* (30: 30)

Sheikh Ahmad Mazlum para a Voz Muçulmana Na Internet!